Um ParadoXo da DicotOmia


Fim
Cedo
TarDE
I  n   f    i     n      i       t        o próximo
sans amour
Sem arredores
Sem chegar
No inicio ou principio
Em ¼ de delírio
CheGando a 1/2 de delete
as Janelas v o m
Sem pretender
Em momento algum

sair 

Educação Integral Auto Sustentável

Em homenagem a Rubem Alves.

E.I.A.S

UMAS PALAVRAS

    A educação dentro de um conceito básico obviamente se faz por números e socialização o conhecimento e o desenvolvimento intelectual ficam em segundo plano. E essa socialização na qual somos obrigados a passar e ter contatos sociais não é a que me refiro, falo sobre a socialização do conhecimento. Esse conhecimento igualitário é e não é necessariamente preciso, contudo esse conceito de educação é o que acontece todos os dias em toda instituição de ensino no nosso país. Esse método está falho, pois quem ensina está preso ao sistema e o sistema está aliado à incompetência...  

Não existem práticas para o desenvolvimento do intelecto do estudante e não existem sinais para essa mudança. A educação precisa de tempo e respeito para quem ensina e é ensinado.

Afinal qual é a essência da educação? E o conhecimento apresentado atinge o intelecto total do estudante? Será que conseguimos entender o que o estudante quer? E o que ele quer será que respeitamos ou socializamos?

Não é ordinário de nossa parte responsabilizar as crianças? Os adultos devem ser exemplo ou dar exemplos de responsabilidade e não esperar que a criança do nada venha a tornar-se responsável, afinal as crianças nasceram para serem livres e o trabalho e a necessidade fazem com que elas percam a liberdade. Sendo isso necessário e de difícil mudança eis que surge essa outra necessidade a escola.

Como deveria ser a escola?

A escola não é um problema o problema é o método e o sistema.

E como deveriam ser o método e o sistema?

UM MÉTODO MODERNO

O método tem como princípio desenvolver o intelecto do estudante em seus vários níveis ou suas inteligencias e os processos seriam a partir de introduções que a partir da evolução de entendimento introduz-se aprimoramentos. Portanto você não começa você apresenta.Nada pode ser imposto para que o estudante aprenda, tudo deve ser disposto para que ele queira aprender. Por mais que a criança não queira aprender a princípio a socialização dará conta disso, para tanto entra a questão do tempo. Outra coisa importante é deixar o estudante passar o seu conhecimento para outro e permitir que isso seja multiplicado. Se a criança sabe com prioridade esta deve passar a informação adiante, lógico que o professor deverá auxiliá-lo no começo para que este mostre como faz e não faça pelo colega que posteriormente o mesmo que aprendeu deve ensinar outro.

Toda criança deve passar por muitas experiências de aprendizado para que este venha a ter prazer de fazer o que faz. Dentro de cada experiência proporcionada ela vai conseguir escolher o que lhe agrada mais e então devemos aprimorar a seus conhecimentos em seu interesse em questão.

Criança ajuda criança.

Dentro de cada introdução faz-se necessário a pesquisa direcionada. Se for feita pela internet que o responsável deixe essa escolha livre sem direcionar a melhor fonte, pois favorece no desenvolvimento crítico de escolha e assim aprende-se a não aceitar apenas uma situação. Caso seja impresso que seja disponibilizado várias fontes de informação, revista, jornal, livro é muito valioso aprender a pesquisar dessa forma. O responsável deve apenas propor a situação problema  e auxilia as crianças em pequenas dificuldades. É necessário que esse direcionamento aconteça dessa forma entre as crianças para proporcionar a comunicação e a troca de informações entre elas.

A tendencia da pesquisa é de desenvolver na criança a apreciação por aquilo que ela está começando a conhecer. As coisas começam a fazer sentido para ela. Perguntas irão surgir e perguntas serão respondidas através de mais pesquisa e cria-se um circulo. Perceba que isso demanda tempo o conhecimento e o desenvolvimento do intelecto demanda tempo. É definitivamente valioso que ao pesquisar a criança tenha a oportunidade de identificar-se vendo outras crianças fazendo o que elas podem fazer. Assim ela descobre que é possível alcançar os objetivos propostos.

* Sobre possíveis desvios: caso a criança se ocupe em pesquisar outras coisas que não fazem conexão com o assunto devemos conversar sobre o que a criança está vendo e deixar que ela veja o que quer no momento e proporcionar o aprendizado para que ela possa sair sozinha do despropósito e voltar ao seu objetivo, contudo devemos voltar a conversar com ela e oportunizar essa pesquisa em outro momento afinal tudo é aprendizado.


   

oBriGado GioVanni GaGgiA

tUdo passou-e tudo
aiNda passará-
o tudo percebido-e o não percebido

o n a d a e e l e m e s m o
t a m b é m
como em um princípio
comutativo


O colapso gravitacional

enfim .........,,;;;;;;;
singular

o tempo para

e o espaço
deixa de existir

obrigado Giovanni Gaggia

apeNNas a espiNha deNdritica

pisco
e vejo
pisco
e o que vi
não afirmo
pisco
e duvido

entre o piscar
a falha
pisco
e "óleo" para o lado
pisco
e nem sei
se pisquei

há o desconhecido
e ele não está
lá fora
PK    ! d                                    ä-J\X „š²à± $ŠX {
                                   ÒX$¶å ý{&M jqy
t ɱçÞã±u=>{k›ì "ZïJqXŒD N{cݬ ÷Ó«üDdHÊ Õx ¥˜ Š³ÉþÞx: € W;,EM N¥D]C«°ð ÏT>¶
Šx g2(ý¤f F£c©½#p”S§!&ã ¨ÔsCÙå ÿîI"4(²ó~açU
                             Bcµ"&•/Î|qÉ— W
.                             Ö`m 0†k º™Í ˺ nM
                          ´ ²[ éZµŒ!_}
                         4ÒxýÜò ŠïeÖpú
                        ª² †úN-D¯ ‘{Þ6Å0Ó*
                                 ëVü 9æ
                              àÿSôº[Ú?Xª/«
                           4 vº -æݦ‹ÞâCmÚ
ˆ¸IÛ˜|¾‚yªé¸TN"¼ÂãÝÎ(>ˆ'A*ïÉyÚÅÙ ÒI pfG +å$B
Ê@<

a reflexão

de sempre avançado tomou
conta o engulho
um >>>>>>>>>>comportamento neural
subatô,mico estava
num quadro de dali
fundamental .ao nosso entendimento
exceto a gravidade
entre;tanto também essencial
talvez falho e correto
talvçççez nem isso
um p]]adrão de onda
dehhhscontínua
nada pode ser igual
só a aparência
parecia completa para alguns




 

interpretação

hojenunca sempretalvezaquinessaou em outra
dimensãoo sonhoum sonhoforaou em questão
todos em elementosde formalismopara todo
o tempoum efeito daobservação externa
todos os instantese lugareshá todo um sistema
uma superposiçãodos subsistemasenvolvidos
no decorrer do tempoe isso tudo éum problema 
da interpretaçãosomostodos um problemadeinterpretação